Será que sou eu?



Será que sou eu? Não faremos todos a mesma pergunta num determinado ponto da relação, em que passaremos a precisar que nos assegure o outro de que somos nós e de que fazemos a diferença?

O que procuramos afinal na pessoa que escolhemos? Será que queremos passar a fazer parte de tudo, da outra metade de vida que ainda não conhecemos e na qual temos algum receio de não ser aceites?
De que forma nos incluem, quando decidem que somos nós?

Esta semana, e atenção que ainda só vamos na segunda-feira, já ouvi o mesmo de 3 mulheres. Segundo elas o tempo não corre da mesma forma para ambos os sexos. Nós somos mais aceleradas e mais resolvidas. Quando decidimos e reconhecemos, ficamos de imediato prontas para incluir, para marcar datas, e não terão que ser de casamento, para definir objectivos e saber para onde estamos a ser levadas. Já o sexo masculino, os gajos, como gosto de os chamar, levam o seu tempo. Arrastam as respostas, querem que seja de mansinho, que não se corra em direcção ao que os assusta. Vou colocar-me no cérebro de um e dizer o que muito certamente diriam, se não tivessem demasiado amor ao cabedal e não receassem ser capados, na pior das hipóteses:

- Mas que porra, será que não podemos continuar assim? Qual é o mal de dar umas boas quecas, de nos sentirmos no céu e de usarmos a boca para o que sabemos ambos fazer melhor, que não será de todo falar?

WHAT?

NÃO, não podem, nem devem, porque ou se QUER e se vai atrás, ou apenas se quer e aí meus amigos, há que saber quem "marcar", onde ir buscar a única gaja que não está minimamente interessada no que irão fazer depois e em quem estarão a pensar. Ela apenas quer saber se o que possuem, que foi abençoado por Deus e que tanto jeito lhes dá, se encontra em bom estado. Essa meus amigos, não vos quer, não vos ama, apenas precisa de um bom corpo e no fim, também ela apenas se quererá vestir e sair porta fora.

Quando um homem tem a mente povoada de decisões, quando sabe o que quer e o que precisa, para que corra bem e sem muitos solavancos, basta que encontre a mulher certa, a que esteja na mesma sintonia, porque a não acontecer, acreditem que as restantes mulheres irão querer todas o mesmo. Já sabem o que é, ou ainda tenho que fazer bonecos?


0 Comentários