Para o caso de não te ter dito já...

by - abril 28, 2016


Sei que por norma não falho, mas para o caso de me ter esquecido de o dizer hoje, quero que saibas que és a minha pessoa certa!

Chegaste, entraste pela porta certa, falaste de ti, de mim e de nós e conseguiste que te reconhecesse. Tens-me provado, a cada dia, que ter-te é o que mereço e que deixar-me amar é possível. Sem reservas, sem quês nem porquês, apenas sentindo e muito. Mudas-me para melhor, sossegas-me, num sossego que nem reconheço, porque sinto que estarás onde estiver e que nunca te remeterás aos silêncios que me matam. És a pessoa por quem esperei sem desesperar, porque sabia da tua existência.

Não poupo palavras contigo. Não deixo nada por dizer. Não guardo para o dia seguinte, o que nos faz falta hoje. Não guardo os beijos, porque estou carregada deles em doses monumentais. Não me escondo de ti, porque me vês, realmente, como sou.

Para o caso de não te ter dito já, mas eu até sei que o fiz, devolvo-te um AMO-TE sentido, envolto num desejo de mais e muito mais. Para o caso de não te ter dito hoje, quero que saibas que esperar por ti é natural, porque chegas, vens até mim quando preciso, mesmo que precise sempre. Para o caso de me ter esquecido, quiçá num acesso de loucura temporária, venho recordar-te de que és o homem da minha vida.

You May Also Like

0 comentários