Sou para ti o que também preciso!

em 9.5.16

Beauty blooms in blistered twilight as the night drops like a thief. Her velveteen tongue paints "l o v e" upon my pallet and carmel lips play coquettish games upon my own.:


Sou, desde há algum tempo a esta parte, a mulher que sempre desejei ser. Sou-o e percebi-o pelos teus olhos e pelo formato que se encaixa, tão certo, em ti. Sou, para ti, a que cuida de tudo o que te deixa da única forma que me importa, FELIZ!


Quando já palmilhámos caminhos de pisos irregulares, anos a fio, em subidas que não sabíamos sequer como descer, e finalmente chegamos ao lugar que nos pertence, temos que saber do que sabe o outro. Temos que lhe dar o que nos faz falta. Temos que querer o que só fará sentido, se realmente o fizer.


Sou para ti o que preciso de ser, porque sei que te desejo para além do que é possível desejar e porque te amo como acredito ser o amor feito. Sou para ti, TUDO o que preciso que sejas para mim, e vou querer, em todos os momentos que manteremos, ambos, que nada fique por dizer, ou por sentir. Sou para ti, o que que esperaste, sonhaste e precisaste, em cada dia dos dias que agora me pertencem. Sou para ti, a pessoa que te deixará, no lugar certo, olhando-te, verdadeiramente, porque já me alimento de cada pedaço de som, de toque, e der sabor a que me sabes.


É tão fácil e tão natural esperar, numa espera tranquila, que a outra metade de nós tenha o que apenas nós poderemos dar, que até o nosso poder se amplia e nos leva, de mansinho, mas de forma determinada, ao tempo e momento certos. É tão fácil amar mesmo, bastar querer!

Sem comentários , comente também!

Enviar um comentário