Amor versus Amizade!

Ross & Rachel:


Amor versus Amizade! A primeira cresce sobretudo pelo empenho da segunda, porque é ela, a amizade, que consolida o amor e que o faz manter-se da forma certa. 


Se te amar por seres o meu melhor e maior amigo, nunca te irei querer fazer sofrer, mas dir-te-ei, sem receios, tudo o que precisas de ser e de mudar para que a tua felicidade seja mais completa e para que chegue até a mim. Ser a tua amiga representará um amor a dobrar, dos que permanecem para além do tempo, da distância e dos olhares que nem sempre poderemos distribuir.

Acabei a perceber, ainda a tempo, que precisava de te ter MUITA amizade primeiro e só então depois deixar insuflar este amor que até já existia, mas que não corria, nas minhas veias. Corria na direcção que corre o sangue que o meu coração faz circular para mim, na devida proporção, agitando-me ou sossegando-me, para que te ame sempre com determinação e com certezas.

Não penses que é pouco e que quando uso a palavra amiga estou a diminuir o sentimento, porque na verdade estou a dizer-te que és TÃO importante agora, que farei o que for preciso para que te mantenhas do meu lado, para depois então te poder continuar amar como só eu sei. Amar-te como já saboreaste, pouco, mas de forma consistente. Pouco, mas sempre real. Pouco, mas querendo-te comigo inteira e dando-te o que até soubeste receber.

Quando aprendemos o valor real de um amigo, passamos a inclui-lo, em tudo que é nosso, partilhando-nos sem receios, porque um amigo não trai. Um amigo não mente. Um amigo não nos magoa. Um amigo nunca deixa de ser o amigo que nos faz falta para que o mundo seja este lugar no qual ainda vale a pena viver.

Uma coisa estou em condições de te garantir agora, é que a minha amizade servirá para reforçar o amor que precisas que eu tenha, e até sabes que te amo, mesmo que já não o diga e que considere que apenas o voltarei a fazer quando parares de ter medo de ti, porque por mim meu só precisas de ter um amor igual ou maior.

0 Comentários