Não preciso!

Resultado de imagem para abraço sentido


Não preciso de te ver, nem sequer de te tocar para saber ao que sabes e de que é feita a tua pele. Não preciso de te ver sorrir para me recordar de cada um dos teus sorrisos e de como eles me iluminam. Não preciso de todas as palavras que tão bem sabes usar, para que me digas o que também sentes por mim. Não preciso que me avises sobre o amor que ainda guardas e não por mim, mas que ainda será meu, porque sei esperar, aliás, estive sempre à tua espera e continuo. Não preciso que o meu corpo entre no teu e que o toque para saber que a tua pele é aveludada, quente e capaz de me serenar, enlouquecendo-me. Não preciso de beijar a boca que já beijei tantas vezes em sonhos, para ter o mel que espalhas, basta-me ver os movimentos e os esgares para te saber. És a medida perfeita de toda a minha imperfeição e carregas tudo o que me lembro de desejar, antes mesmo de te ter desejado, a como és e como certamente acabarás por ser para mim. És a espera que não me desespera, porque agora, bem mais perto do que antes, já te consigo sentir.

Não tenho medo de nenhum dos teus medos. Sei do que são feitos e quem os provocou. Não tenho medo de não te conseguir convencer, porque o meu amor será o bastante. Ele é tão grande que quando o sentires não terás mais o que recordar, nem quem. Não tenho medo, agora muito menos, de continuar a passar pela vida sem mim, porque tu já estás mais próxima. Preciso de ti para continuar a acreditar, mas também preciso de mim para confiar. Já tens pelo que vir e a quem pedir a mão.

Olhei-te incrédulo, estavas tão perto, mais do que me lembro de alguma vez te ter imaginado. Estavas de ar frágil, quase a implorar o abraço que não dei pelo medo de te quebrar, porque se te abraçasse, entraria em ti num desespero e prazer que te fariam fugir. Fingi uma serenidade que a minha voz quase traiu, mas tinha que te mostrar a força de que sou feito e eu sou realmente forte, se o não fosse não te estaria a amar a minha vida inteira e mais metade da que sonhei por ti e sempre contigo.

Não preciso de mais armas, nem soluções, já as amealhei todas e por isso estou pronto. Não preciso que me recordem de como és especial e diferente, porque foi isso que me fez amar-te. Não preciso que me recordem de que és sempre distante, porque já me aproximei e a luz que terás de mim deixará quem te magoou do outro lado. Não preciso de mais nada, já sei que te vou ter!

0 Comentários