Por ti...

em 8.3.19



Por ti mudo até de planeta. Por ti respiro ao contrário e seguro o sono que quase me derrota. Por ti passarei a ser o teu herói e o que te trará até o que não fores capaz de pedir. Por ti deixarei de me alimentar, usando-te como o alimento que me mantém vivo. Por ti, prometo meu amor, farei o que deve ser feito, porque tu foste feita para mim.

Que nunca me impeça de prometer, porque é fácil fazer-te e ver-te feliz. Saber que é por mim que acordas e arrumas os teus dias. Saber que confias no que decido, por nós, deixa-me capaz até do que ainda não descobri, mas que juro a pés juntos ser capaz de fazer. Passar pelo meu tempo, misturando o teu, e sentindo que se não sentir contigo, se não te tiver, toda, inteira e minha, não terei nada.

Por ti, claro que luto contra fantasmas e empurro as sombras que me podem ofuscar. Por ti fico maior, mas mais frágil e incapaz de resistir sozinho. Por ti acabo a achar que até consigo impedir o mundo de girar e a chuva de cair, molhando-te o corpo que apenas eu posso tocar.

Estou a pensar no que mais poderei fazer por ti, mas não me ocorre mais nada, porque a realidade é que o que faço agora sê-lo-à sempre e para sempre!

Sem comentários , comente também!

Enviar um comentário