Somos diferentes, homens e mulheres!

Somos diferentes, homens e mulheres!

Somos diferentes, homens e mulheres!

Görüntünün olası içeriği: bir veya daha fazla kişi, gökyüzü, bulut, okyanus, açık hava, doğa ve su


Somos diferentes, homens e mulheres. A sério? Que bom, o contrário é que me deixaria preocupada. Temos formas de ser e de sentir que nem sempre se encontram, ou que chegam para amenizar tudo o resto, mas é nas diferenças que nos devemos focar, porque são elas que nos atraem e nos aproximam.

Após umas quantas horas de conversa, com mulheres já se sabe, percebi que tal como eu, outras mulheres concordam que a incapacidade natural masculina para o diálogo é o que atropela tudo e não nos permite desfazer as dúvidas e seguir em frente. Os problemas resolvem-se falando. Temos que ir sabendo do outro, do que o move e quais serão os seus desejos e limites. Pronto, até eu percebo que nós mulheres temos uma capacidade de argumentação que os assusta, porque muito provavelmente lhes recorda dos ralhetes das mamãs, mas vão ter que ultrapassar a fase da infância e avançar. Oiçam, respondam, argumentem e no final, depois de esclarecido, mesmo que com alguns gritos pelo meio, o resultado será sempre mais soft, garanto. Agora se optarem por adiar, ou por fingir que não perceberam, mantendo-se surdos e mudos, então vão ver o mundo cair-vos, literalmente, em cima. Quando uma mulher acumula e armazena, Deus tenha piedade do visado. Até me encolhi de pena.

Simplifiquem guys. Cresçam e aceitem que fugir nunca será a solução. Vocês até vão para a "guerra", CERTO? Então e o que fazem das armas o resto do tempo?
QUERO LER O POST COMPLETO

Se a vida fosse uma canção...

Se a vida fosse uma canção...

Se a vida fosse uma canção...

"Moonlight Sonata" by Ashvin Harrison. Paintings for Sale. Bluethumb - Online Art Gallery #ashvinharrison #art #abstract #streetart #ballerina #dancer #blue #woman #dancing #print #fashion




Se a vida fosse uma canção, então estaria sempre em alta, porque a canção da minha vida é melodiosa, sensual, viva, com muito sentimento e palavras que mexem comigo... Na minha vida estariam apenas sentimentos que fazem o meu corpo estar alerta. Refrões que me apetece repetir e acompanhar. Sons que certificam tudo aquilo em que me vou tornando. Se a vida fosse uma canção, nunca estaria triste ou sem ânimo. Conseguiria sorrir bem mais vezes, desejando o que escondo, mas que as canções sempre trazem ao de cima. São tantas as vezes que me revejo nas letras, encontro lugares comuns, deixo-me envolver e acabo a acreditar que se alguém as canta assim, então ainda poderá ser possível chegar ao lugar onde sei que tu estarás e dançarás comigo. Se a vida fosse uma canção, escolheria sempre a minha para me definir e permitir continuar. Se a vida fosse uma canção, dançaria ainda mais vezes do que já faço e escolheria apenas os que se movessem com a mesma energia e vontade de viver. Se a vida fosse uma canção, os cinzentos acabariam por se esfumar, libertando-me das energias que escolhem para borrifar e impregnar de forma errada os mais incautos, eu incluída. Se a vida fosse uma canção, cantaria ainda mais afinada, para atrair os que também usam os sons para espalhar o que tem que importar, quando o que importa mesmo é que usemos a mesma linguagem!
QUERO LER O POST COMPLETO

Palavras e mais palavras...

Palavras e mais palavras...

Palavras e mais palavras...

Resultado de imagem para palavras


Palavras leva-as o vento!

Nunca chegamos a saber o verdadeiro impacto das nossas palavras, em quem as escuta, mas por vezes também as desperdiçamos e por isso não chegam a transportar o que realmente importa. A capacidade de nos fazermos ouvir é algo que não nos acompanha a todos. O falar apenas por falar, pode causar mais danos do que benefícios, no entanto sou apologista de que não se deve deixar nada por dizer, porque engolir sentimentos de perda e de desconforto, só nos poderá trazer males interiores, porque depois virá um dia em que, pumba, "vomitamos" tudo e sai o que se deveria ter dito, misturado com o que não valia a pena dizer. As palavras são uma arma poderosa, e não desisto de as usar, sempre com a intenção de fazer bem, mas como não sou anjinho, lá calha também provocar uns quantos danos, ah pois é!

Palavras e mais palavras, algumas que não dizem coisa nenhuma, porque não trazem qualquer sentimento. Palavras soltas, mas que ao juntarmos conseguimos ler e ouvir bem mais do que era suposto. Palavras doces, vindas de gente amistosa e de bem com a vida. Palavras azedas de quem cobra tudo, até o que não é capaz de dizer. Palavras para que mais umas quantas regressem, cortando a solidão anunciada e palavras que nos refrescam por têm tudo o que nos faz falta.

Tanta coisa que se resolveria facilmente, se não insistíssemos em fugir da maior capacidade que o divino nos deu, o uso de vocábulos, a expressão oral e escrita. O vento não deveria levar as palavras, elas deveriam sim chegar ao destino e voltar com bem estar e felicidade. Utopia? Talvez, mas cá por mim sei que vou continuar a usá-las sempre e nem que a voz me doa!
QUERO LER O POST COMPLETO

A true mix mash, I am...

A true mix mash, I am...

A true mix mash, I am...

Minimal, Street, Glamour, Haute Couture, Luxury, Fashion, Chic, Style, Designers and more.


I sometimes have a quite huge difficulty in reading who I am actually being. I tend to see the days and absorb them as they come, but I also evaluate too much, too deep and too conscious of my role, the one I have to have here.

My life is a BIG mix mash. I´m either a precise woman, with exact figures, or a mumble jumble of a person yet to be identified. I´m either over productive and loyal to myself, or a sell out, giving bits and pieces that serve no one but me. Selfish? Well, I can, and need to. Strange? I have days, but hide nothing from anyone, I just let be, feeling in an extreme way, all the way.

I can go on despair on wether to move or change pace. I can soften or embarc on an endless voyage, taking nobody but my cargo. I can smile in wisdom, or cry of shame from all the bad choices. I can love over and over again, or simply decide not to, ever.

My dreams overwhelm me, but I never discard a single sign, because I´ll use them all until they acctually star to make sense.

This is me...
QUERO LER O POST COMPLETO

Porque razão ainda sinto medo?

Porque razão ainda sinto medo?

Porque razão ainda sinto medo?

" Ser meu amor incondicional. "


Ligas-te, aflito, mas apressas-te a tranquilizar-me. Vou-te ouvindo com muita atenção e concordando, porque a tua maturidade deixa-me perceber que pode ser como antecipas e que se confiar será da única forma possível, bom.

Hoje estive assim e nem o sol me deixou derreter o nervosismo, porque sei de que forma me queres e o que acontece quando me tocas. Temos química, eu e tu. Temos o mesmo sentido nas palavras e conduzimo-las de igual forma. Um acaba sempre por concluir a frase do outro, ou por perceber o que se diz, muito antes de ser dito. Temos uma necessidade emocional latente, queremos alguém na nossa vida que ajude a superar tudo o resto.

Somos ambos tão lá acima, porque estamos no mesmo patamar e porque andámos pelos mesmos caminhos. Lemos compulsivamente. Gostamos dos mesmos autores e até descobrimos que já relemos mais do que uma vez os livros que nos tocaram a ambos. És tão eu, que parte de mim duvida que estejas desse lado. És sempre tão cuidadoso e acolhedor, nesses teus braços que me parecem sempre gigantes, que acabo a caber neles inteira. És o que preciso e nunca tive tantas certezas na vida.

Por vezes o meu medo passa pelo que serei eu capaz de te dar, mas tu entras em cena e dizes que tenho tudo, que sou tudo e vou transcrever a tua mensagem:

"Alimentas-me, enches-me e preenches-me. Entras a cada dia um pouco mais na minha cabeça e passas a dominar mais de 70% do que sou e do que faço. Fazes sentido comigo e se não te leio, se não te sinto, se não te oiço, nada fica completo e quase que arrisco uma sensação de desespero, de um ar que não circula e que me abandona. És a mulher que já procuro há tanto tempo, que quase arrisquei desistir, mas chegaste e como não sou louco, jamais te deixarei sair de mim".

Mas então porque razão ainda sinto medo afinal?
QUERO LER O POST COMPLETO

Arrependimentos?

Arrependimentos?

Arrependimentos?

Sensuality Of Light | by blarusi


Arrependimentos? Tenho alguns sim, mas cada vez menos daquilo que faço e sim do que deixei por fazer e agora já não consigo mais recuperar.

Estou a aprender que conhecer quem cruza o nosso caminho é algo que leva tempo, que até nos pode consumir, mas que certamente dará frutos e nos permitirá perceber se "escolhemos" bem, ou nem por isso. Não há porque ficar magoada, há quem não seja e não consiga, porque simplesmente não tenha o que poderia permitir uma relação de avançar.

Fico algo triste por não me ter explicado logo do início, que NÃO sou Mulher para se dirigir, NÃO a mal, nem com arrogância e incapacidade de aceitar que se errou. Tenho muitas fragilidades, mas sei o que NÃO quero para mim e NÃO quero certamente quem me dêem migalhas, ou que julguem poder deixar-me numa qualquer gaveta à espera que queiram abri-la e permitir-me o ar que me pertence por direito. Sou o tudo ou nada e a amar é o que quero e exijo.

Tiveste-me. Fizeste-me bem. Amaste-me, quero acreditar que sim, mas NÃO soubeste manter-me tua. Hoje lamento pelos dois, mas a vida irá continuar para ti e para mim e quem sabe num futuro próximo não estaremos ambos a amar de novo. Mesmo zangada e magoada, sei que amanhã, ou num qualquer dia em que o sol entrará na minha alma, já te terei perdoado, porque agora entendo que não tinhas o que me fazia falta.
QUERO LER O POST COMPLETO

E se tirar algum tempo para me ver realmente?

E se tirar algum tempo para me ver realmente?

E se tirar algum tempo para me ver realmente?



Há muito que sei que preciso de impedir que a vida me amargure, que me recorde a cada dia o que deixei de fazer, o que não tive por incapacidade minha, por medos infundados e por não ter tirado tempo para o entender. Passei a querer poder falar de tudo com a pessoa que me escutará sem me julgar, entendendo que até eu tenho limitações, que não sei tudo, mas que me esforço para fazer o que o meu coração deseja, não passando por cima de ninguém e aceitando que nem todos se encaixarão no que sou e desejo para mim. Prometi que vou tirar algum tempo para começar a olhar verdadeiramente para mim, para me aceitar e escutar o bastante para seguir o caminho certo. Fiquei pronta para começar a cometer erros por amor, mesmo que venha a perder depois de ter desejado muito, mas a usufruir do que me fizerem sentir. Agora quero apenas ter histórias verdadeiras para sobre mim e comigo dentro. A verdade que temos apenas esta vida e fiquei pronta para a viver em pleno, nunca abdicando de mim, mas ajustando-me para voltar a ser feliz e a amar da única forma que concebo.

Sei que se tirar algum tempo para me poder ver realmente chegarei lá e quem sabe assim o amor não me encontra!
QUERO LER O POST COMPLETO

Não te deixas recuar!

Não te deixas recuar!

Não te deixas recuar!

Woman Gif & Animação Digital - Comunidade - Google+


Aprendeste a defender-te demasiado e por isso paraste de saborear o que te deixava de alma leve e coração pleno. Não voltas atrás nas certezas, porque estás inseguramente certo do que escolheste, mas igualmente infeliz!

Não te deixas recuar e com os teus medos, os que finges não sentir, trespassas-nos a ambos, afastando-nos para sempre. Não redefines estratégias, mesmo que as escolhidas nos tragam a ambos apenas dor, porque a tua vontade de já não ter vontade de mim te remete para o que conheces. Não esperas mais nada, nem da minha espera vã, excluindo o papel que me caberia no amor que sentimos. Não ouves mais nenhuma música comum e afastas as letras que te lembrariam do que tanto apregoaste sentir, mantendo-de seguramente só e inseguramente infeliz. 

Não te deixas recuar nas decisões, mas no processo recuas até aos tempos em que apenas te pairava no pensamento, sem qualquer consistência e tão vaga que já duvidavas da minha existência. Não te deixas mudar, escolhendo não perceber que não estás certo, porque de contrário estarias pleno de sorrisos e sonhos. Não te deixas recuar e remetes-me para um futuro que nos impediu de saborear o presente pelo qual tanto ansiámos. Não te deixas recuar e forças-me a virar as costas, recuando eu até ao momento em que não saber de ti me saberia a normalidade... 
QUERO LER O POST COMPLETO

Cuidado...

Cuidado...

Cuidado...

56 portrait photography black and white women


Um dia distrais-te e a mão da divina providência cai-te em cima, depois acordas, muito provavelmente da pior maneira, mas acordas e percebes que o mundo não gira à tua volta, nem uma única vez.

Temos por aí imensas pessoas iludidas com elas mesmas, a acharem que se bastam, que estão lá em cima e que os outros, mesmo os que lhes foram importantes, já não servem e se podem descartar, mas a vida arranjará forma de lhes provar que estão enganadas. Eu sei porque já vi acontecer. Com alguns até já gastei algum latim, mas percebi que não consigo retirar a pala que lhes cobre os olhos e que se escolheram olhar apenas para um lado, vão ter que estar preparados para abarcar o resto quando ele chegar.

Nunca conhecemos ninguém. Nunca sabemos o que desejam realmente nem porque fizeram determinadas escolhas, mesmo quando elas nos incluíam, mas vem um dia em que ficam "libertas", de nós, decidem fazer um reset e recomeçar do ponto que deveria ter sido o da partida. Se ao menos soubessem falar do que realmente as ensombra e de tudo o que são por dentro, as surpresas já não seriam tão grandes, mas a verdade é que se vive de forma envergonhada e dissimulada, o grosso de nós é o que faz e quando os cortes acontecem o pior de cada um vem ao de cimo.

Cuidado com a vontade, aparentemente premente, de recuperares o que perdeste, porque se não avaliares bem o ponto onde te encontras, poderás não ter mais nada, ou ninguém, para quem voltar!

QUERO LER O POST COMPLETO

Como é que se recomeça?

Como é que se recomeça?

Como é que se recomeça?

Tâches de rousseur


Como é que se recomeça? Devagar, outra vez e outra vez, até que se esteja de volta ao lugar de onde se saiu, não há outra forma!

Podemos até achar que a culpa é nossa por entregarmos a vida, como a conhecemos,  a quem amamos, sobretudo quando essa pessoa é a responsável por todas as nossas dores físicas e emocionais, mas o que andaríamos a fazer aqui afinal, se já nem conseguíssemos abrir a alma à única pessoa que nos toma o corpo, se enrola em nós e nos passa o que a mais ninguém é permitido?
Sermos "nós" não poderá ter perdido importância, mesmo que o "eu" pareça ser a única coisa que importa.

Quando o teu eu te diz que não deverás desistir de um nós que valha a pena, porque sente e sabe que sozinho nunca ficará completo, a dada altura deverás recomeçar, mesmo que se torne penoso, tal como o é correr as maratonas dos amadores, porque não há como desistir a meio. 

Como é que se recomeça quando a passada não é a mesma e acertá-la nos diminui? Como é que se recomeça quando quem chegou não parece saber ao que veio? Como é que se recomeça sem que se reavive, demasiado, o que nos fez voltar a tentar, mas sem resultados? Como é que se recomeça quando a vontade é ficar no lugar que já conhecemos, mesmo que sozinhos?

Recomeçar até poderá ser atentar a sorte, mas será igualmente nunca desistir de andar por aqui!

QUERO LER O POST COMPLETO

Volta, estou a pedir!

Volta, estou a pedir!

Volta, estou a pedir!

Viaţa în Sine: Frica de izbăvire


Volta, está a demorar demasiado tempo e preciso que te decidas, que estreites a distância que me parece corroer, impedindo de fazer mais planos, até porque estás em todos.

Disse-te que seria compreensiva e tolerante com essa tua necessidade de correr o mundo, mas agora quero que o teu mundo também seja eu e que não passes por nada sem passar por mim. Estou a precisar de colo, do teu colo. Estou a sofrer pelos teus abraços, aqueles que até me tiravam o ar, mas que quase conseguiam fazer com que nos fundíssemos um no outro. A minha boca fica seca só de pensar na tua e a vontade de que me beijes, como mais ninguém sabe, é tão grande que parei de querer falar, de sorrir ou de comer. Quero que me queiras e que precises de mim assim, desta maneira quase enlouquecida, mas que pelo menos me deixa viva.

Volta por favor, estou à tua espera e não preciso de mais nada que não sejas tu. Vem alimentar-me, encher-me as reservas e prometer-me que não voltas a sair, não de mim e não mais sem mim. Volta para que não esqueça nenhum traço e para que a tua voz me tranquilize a alma. Volta agora, para que eu retome o que parou assim que te perdi a sombra. Volta para que não tenha que te pedir mais...



QUERO LER O POST COMPLETO