Dizes que te sossego...

em 17.5.19



- Fazes os meus dias correrem de forma tranquila e definida.

É tudo o que preciso de ouvir, porque o que desejo de ti e para ti, é que sintas e me faças sentir que valemos a pena.

Dizes que te sossego e eu entendo-o, até quando me transformo num vulcão em plena actividade e até quando respiro de forma descompassada, por sentir que não me estás a sentir. Dizes que te sossego e acabas a sossegar o meu medo de não ser da forma que me vês. Dizes que te sossego e eu acabo a amar-te ainda mais, porque percebo que te consigo cuidar.

Saber que sou a responsável pelo amor que conseguimos aumentar, porque te aceito, porque te sinto e vejo como és mesmo, confere-me as certezas que procurava há muito, porque amar só pode ser desta forma. Amar só poderão ser assim, duas pessoas a quererem o mesmo, a sonharem os sonhos, que mesmo diferentes, acabarão comuns. Amar só pode ser este cuidado que me tens e todo aquele que não consigo evitar contigo, porque quando estás bem, quando te oiço sorrir através das palavras com que me enches, acabo mais cheia de ti, de mim, de nós e do que ainda vamos conquistar.

Não me esqueço de agradecer o que me trouxeste. Não me inibo de falar sobre o que representas na minha vida, porque quando conversamos, eu e eu mesma, sei que as certezas de agora serão as de amanhã e que contigo tudo o que queria para mim será para os dois.

Dizes que te sossego e sei porquê, é que tudo o que fizeste resultou e tudo o que sempre desejei chegou!

Sem comentários , comente também!

Enviar um comentário