E pumba, os filhotes bem que se queixam, que a mãe não pára, não sossega, anda sempre a arrastar os móveis, a mudar as cores a procurar mais conforto, porque no final todos reconhecem que funcionou, que ficou melhor e mais funcional!

Já o pensei, com um fim-de-semana mais longo, vou fazer umas pequenas grandes alterações e deixar o espírito mais saciado.

Gosto desta minha sensação de inquietude, alimento-me deste "fogo" que me faz borboletas na barriga, como se me tivesse apaixonado. Fico ansiosa por meter as mãos na massa. Vou cuidar do nosso lar, mimar os meus 3 amores e sorrir à vida, confiante de que ela me sorrirá de volta!

0 Comentários