Audrey Hepburn by Richard Avedon  Harper's BAZAAR September 1959  "Paris Pursuit":


Se assim é, assim será e não adianta tentar mudar, porque de cada vez que nos empurramos de encontro ideias e vontades que não são as nossas, perdemos pedaços de nós. Se é assim que queres que te conheça. Se é assim que te consegues dar. Se tudo o que fantasiei de ti não existe, então assim será. Tirar-te da cabeça é possível e viver sem ti natural, porque não quero perder-me no que nunca virá e porque representas tudo o que jamais gostarei em alguém. És apagado, melancólico, metido em ti e para contigo. Não tens dores de alma, nem sentimentos que te abanem e mostrem um mundo com outras cores. Se é assim, de forma morna e sem entrega, desisto de querer tentar. Não sou de todo fácil. Exijo trabalho e determinação. Preciso de quem saiba o que quer e de que forma. Se é assim, s apenas tu contas e decides, então não quero, recuso-me. Se é assim, não voltarás a ouvir de mim gargalhadas, palavras de compreensão, desabafos, ou lágrimas de felicidade banhadas em mares de conquistas pessoais. Se é assim, nunca mais voltarás a fazer parte do que planeei e do que inventei para meus amanhã. Vou arrumar-te sem mágoas, sem dores, sem exageros e sem mim dentro, porque se é para ser assim, como só tu queres, assim será!

0 Comentários