adult, beanie, beautiful
Feelme/De repente e do nada!Tema:Sentimentos!

De repente e do nada, senti saudades de todo aquele tempo em que estavas inacessível, dos momentos em que me refugiava de todos os que não entendiam de que forma precisava de ti e te sentia a falta!

Eu não te fantasiei, exististe mesmo e chegaste a partilhar a minha renovação, o florescer de uma nova mulher, a descoberta dos sentimentos que tinha conseguido acumular, esperando poder derramá-los todos em ti. Não vou poder esquecer, nunca mais, o nosso primeiro encontro, o olhar atrapalhado e a sensação imediata, de que te tinha encontrado. Não estava à tua procura, pelo menos achava que não, mas a verdade é que sentia falta de um amor como o que acabei a ter por ti. Sentia falta de ser vista e desejada, de ter olhares pousados em mim, apenas em mim, de forma tão alheada dos outros, que por vezes ficavas ridículo e eu envergonhada.

De repente e do nada, percebi que ainda não te resolvi, que agora és apenas o meu passado, mas acabei a sentir a tua falta de forma tão intensa, que me surpreendi, e não foi apenas da música, foi um rewind estranho, até mesmo assustador, com o medo inevitável que sentiria se fosses meu agora, porque não tenho forma de te saber seguro, ou protegido.

Recordar só pode fazer bem, mas também pode significar muitas outras coisas, tantas que até estremeço só de o pensar, por isso vou apenas deixar-me deambular pelo prazer que me dá saber que exististe!

0 Comentários