4.10.17

O que mudamos ao longo da vida?

Resultado de imagem para changes
Feelme/O que mudamos ao longo da vida?Tema:Sentimentos!
Imagem retirada da internet

O que mudamos ao longo da vida? Mudamos de opinião, de vontades, de sonhos, de vida, mas NUNCA de carácter, porque esse nasceu connosco e por norma o tempo apenas o apura, para o bem e para o mal!

Mudamos o que nos faz mal, ou deveríamos fazê-lo, mais vezes, para que mudar fosse uma reestruturação e um upgrade. Não adianta apenas mudar a cor do cabelo, ou o corte, nem sequer o sorriso, porque o que está por dentro e sustenta tudo o resto é que conta realmente.

Já me vi a mim mudar, tanto, sobretudo de planos, que passei a entender mais profundamente a tal da consistência que eu abanava como se fosse uma bandeira. Mas ser consistente é saber de que forma a mudança nos levará, mais rapidamente, para onde queremos estar, porque não adiantará ser consistente com a dor, com a mágoa e com tanto desamor que por aí prolifera, isso seria no mínimo burrice.

Mudar é sentir ventos que sopram do lado certo, trazendo sinais de renovação.
Mudar é ter coragem para dizer que SIM ou que NÃO a quem precisar de o ouvir.
Mudar é conhecermo-nos como ninguém consegue, sendo o que alguém espera.
Mudar é termo-nos inteiros, em todos os momentos.

Mudar é bom, porque nos valida a sensação de força que acreditamos ter. Abençoados os que o conseguem, porque saberão com toda a certeza, que fizeram o que lhes cabia realmente.

Sabem o que mudaria agora, se me fosse permitido? O tempo que levei a mudar. Os minutos que deixei passar para que se transformassem nas horas que perdi. Ter-me-ia mudado mais, nos momentos que achava não serem os certos, mas que o eram . Mudaria alguns amores, amando-os bem mais, com muito de mim para que tivessem também eles podido mudar. Tirando isso, não preciso de mudar mais nada, não em mim, porque fiz o que me cabia, sempre que tive oportunidade.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Blogs Portugal