Winter Snow GIF


Quando a noite chega, os dias passam-me em retrospectiva e percebo, mais hoje do que antes, que não te ter sempre me deixa encolhida num medo que não reconheço. Quando a noite chega e não estás, nada do que possa ter feito me importa, porque a verdade é que apenas tu me importarias, estando em mim e comigo. Quando a noite chega e as palavras não têm para quem sair, saio de mim e regresso ao lugar que me assegura que permanecerás porque me fazes falta. Sinto falta do que ainda não consegui viver contigo. Sinto uma falta imensa de programar o amanhã e de te ver em cada um dos momentos com os quais sonho. Sinto falta dos beijos que ainda não recebi, dados com a única boca que me liga todos os botões e deixa ainda mais viva. Sinto falta de saber ao que saberás quando o nosso amor se solidificar e já mais nada precisar de ser confirmado. Sinto falta da tua voz, porque apenas ela me tranquiliza de mim e dos pensamentos que correm demasiado velozes...

Não sei o que fazer dos minutos que me sobram e envolvem as horas num vazio que nada parece preencher, nem mesmo tu porque estás demasiado longe. Sei cada vez menos, porque não controlo nada do que vem de ti e porque é em torno de ti que vagueio, tentando ser mais mesmo que debaixo de chuva intensa. Não sei se o amor tem outro nome, ou se a sua face varia com as personagens, mas quero a acreditar que os que amam fazem-no assim, intensamente e esperando por TUDO, porque menos não poderá bastar, a mim sei que não, talvez por isso as noites sejam cada vez mais longas.





0 Comentários