Como seria ter-te até ao final dos meus dias?



Como seria ter-te até ao final dos meus dias? Ao que saberia o amor feito devagar enquanto nos recordávamos de nós? Será que no nosso amanhã teríamos a mesma determinação e desejo de nunca nos largarmos?
Não consigo deixar de pensar num caminho a ser percorrido a dois, tendo do meu lado quem caminharia MESMO ao meu lado, querendo as mesmas coisas e lutando por cada conquista individual que se duplicaria para que o outro as sentisse. Não consigo desistir da ideia de pertencer a alguém, mas sendo eu mesma e passando o que teria que fazer falta. Não posso parar de querer que me queiram e saibam quem sou, sobretudo por dentro enquanto sinto, sonho, choro ou sorrio. Não conto os dias, já não, mas faço por visualizar-me no "colo" de quem saberá de que forma me reconfortar ou apenas manter em silêncio, sem que precise de dizer mais do que já terei mostrado.
Como é que eu seria ao ser a pessoa mais importante de alguém? O que carregaria de mim que perdurasse até ao último por do sol? Até onde me conseguiria manter como me conheço, conhecendo verdadeiramente a minha metade inteira? Quem me faria não precisar de fazer mais nada a não ser amar?
Não preciso de saber tudo, mas estaria num lugar bem mais claro se já soubesse de mim e de "ti".

0 comentários

Porque é que algumas pessoas não conseguem ficar juntas?

Porque é que algumas pessoas não conseguem ficar juntas ? Porque é que alguns amores, por maiores que sejam, se deixam morrer? Porque ...