Deixa a vida correr enquanto a vives. Deixa o mundo endireitar-se enquanto te reergues e avanças. Deixa que os mal-amados e os de alma dorida se curem enquanto os olhas de uma distância segura e cuidas tu de te manter sã. Deixa o que é feio para lá e concentra-te no MUITO que existe para os que não estão distraídos. Deixa a tristeza para os que NUNCA conseguem ver o sol e concentra-te na tua luz interior. Deixa para trás o que já não consegues mudar e muda-te enquanto ainda tens tempo.
Deixa-te de desculpas e começa a usufruir do que te coube quando decidiste fazer o que era suposto, ou simplesmente desististe de tentar!

1 Comentários