Já achei muito, mas de forma errada...

by - fevereiro 28, 2020



Já achei que nos pertencíamos, algures num tempo onde quase me esqueci da minha importância. Foi bom sentir que fazíamos sentido juntos e recordo-me de me ter entregue toda, sendo eu em cada pedaço que te ofereci. Estive à altura de te fazer um homem feliz, mas não me incluí devidamente no processo. Parecia precisar de muito pouco, mas apenas para que nada te faltasse e ainda assim faltou-te força, coragem e amor, aquele que tanto apregoaste, mas que nunca foste capaz de dar. arrisquei estar focada noutro que não em mim mesma, mas percebi, da pior maneira, que não funciona, porque anula a personagem principal. Já adiei resoluções, mas passei a não deixar passar nada que seja importante, simplesmente porque a médio prazo me reduzirá a metades. me enganei com lugares comuns, mas não me identifiquei com nenhum e apenas perdi mais algum do tempo que considero precioso.
achei que o meu amor bastaria para que o teu crescesse, mas achei de forma errada. me foquei demasiado no passado, mas apenas até perceber que me reduzia a metade do que sou verdadeiramente, por isso reconstruo, todos os dias, o meu futuro, sendo e querendo o que me representa de forma fiel. Já estive TÃO longe de ser quem hoje reconheço, mas abraço cada percurso com a plena convicção de que apenas poderia ter sido eu a percebê-lo e a "chegar a casa". achei que não seria capaz do que hoje é tão fácil e natural, que mais nada nem ninguém terá forma de achar qualquer coisa de diferente.
Já achei o que passou a ser uma certeza, dissipando qualquer dúvida que ainda pudesse resistir...

You May Also Like

0 Comments