13.3.20

Não queiras o coração pintado a preto e branco!


Não queiras o coração pintado a preto e branco. Não carregues demasiado o semblante, sorri mais, sobretudo de e para dentro e sossega-te dos males que não controlas. Vive com mais entrega e respeito por quem és e representas, passando a representar a estabilidade e o equilíbrio para os mais frágeis. Arma-te de muito amor e insufla-te de energias leves e reparadoras. Recusa o que não podes aceitar e aceita que és bem mais forte do que acreditas. Andar por aqui também passa por estradas com lombas elevadas e buracos onde menos se espera, mas o que as rodeia pode até compensar o transtorno. Não queiras transformar tudo em problemas, alguns dos solavancos serão apenas desvios na rota ou atrasos recuperáveis.
Não te afrontes, enfrenta e começa por acreditar outra vez!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Sozinha outra vez!

Sozinha outra vez , naturalmente, sem demasiados embaraços ou sequer dúvidas. Sozinha como terei começado um dia, mas nunca mais só, ...