2.3.20

Sou uma fazedora!



Sou uma "fazedora", gosto de produzir, de pensar e reagir de acordo com o que me melhorará, sem sombra de dúvida. Já não quero conversas sem sentido de pessoas que não encontram o sentido da vida, porque a negatividade e a incredulidade as consome. Essas preferem sempre o mal que conhecem! Preciso de produzir emoções que me conectem com o que desejo viver e por isso recuso distracções. Lembro-me, constantemente, que tenho que evoluir e reaprender algumas emoções, libertando-me das que me afastam do foco e me devolvem o medo que tanto me esforço por não sentir.
Não existe nada melhor, não para mim, do que acordar sabendo quem sou, que realidade posso criar e até onde estou disposta a ir, chegando inevitavelmente mais depressa. O meu mundo tem que ter mão minha e aí entra a fazedora a que não entrega aos outros o poder. Se o caminho se faz caminhando, então preparo o meu, diariamente, para ser exactamente à minha medida.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Sozinha outra vez!

Sozinha outra vez , naturalmente, sem demasiados embaraços ou sequer dúvidas. Sozinha como terei começado um dia, mas nunca mais só, ...