Não te quero com ressentimentos!

by - abril 23, 2020


Não te quero com ressentimentos, nem que te arrependas do que deixaste por fazer. Não te quero condicionar, impedindo-te de ir mais longe, mesmo que aqui, no nosso lugar, saibas que tens amor de sobra. Não quero que te resumas à vida que espero partilhar contigo, porque já vivi muito mais e porque já parei de procurar.
Termos esta diferença de idades faz com que estejamos em outros estágios, até quando parecemos ser tão parecidos. Já provei do que ainda nem sabes existir e mesmo que seja romântico, sobretudo para mim, pensar que te ensinarei e mostrarei tudo, não te quero travar os desejos, nem sequer os sonhos. Não planeámos o encontro e o envolvimento imediato. Não pesámos, eu sei que não o fiz, as diferenças e os lugares onde antes nos encontrávamos. Não medimos o futuro que já se instalou e que continua a avançar de cada vez que acordo e te vejo dormir, tranquila, segura e minha. Não sabíamos o que esperar, até quando desatámos a esperar muito, fazendo planos a dois.
Adoro o teu sorriso de menina crescida. Fico emocionado com os olhares que me dedicas, sabendo que estão envoltos num amor imenso. Sinto-me verdadeiramente afortunado por te ter na minha vida, mas ainda assim, talvez porque amar seja isto mesmo, querer que o outro se insufle de felicidade, quero que queiras TUDO para além de mim e que te completes.
Não pretendo deixar-te ir, mas estou pronto para permitir que saltes, corras e voes, porque sou perfeitamente capaz de continuar aqui, à espera que tal como eu, já não precises de mais nada para além de mim.

You May Also Like

0 Comments