Quando olho para trás, vejo...

7.5.20


Olhar para trás e perceber o que já existe no hoje, confere-me uma sensação de concretização, porque ainda consigo crescer e evoluir mais. Já nada do que morava lá atrás alguma vez me voltará a puxar para baixo. Resisti a um amor que foi apenas sentido e vivido por mim em pleno, mas aprendi imenso com ele e saí ainda muito mais fortalecida. Fui abençoada com sentimentos que me souberam pela vida e a minha foi sempre carregada de emoções e de entrega. Vi serem respondidas as questões essenciais quando percebi que tudo começa e termina comigo. Passei a olhar com mais atenção para o que desejo e passei a desejar apenas o que me regenera e revitaliza...
Olhar para trás enche-me de orgulho, porque afinal tenho margem para mais amadurecimento e porque não me detenho, demasiado tempo, em lugares sombrios e nos quais não possa ser eu mesma. Olhar para trás, de soslaio, serve para que cimente a determinação em nunca aceitar menos do que mereço, respeitando-me sempre e em primeiro lugar. Olhar para trás mostra-me o que quero mesmo ver, tive tudo o que fui capaz de criar e criei com a força que me caracteriza. Olhar para trás serve para perceber onde estou hoje!

Publicar um comentário

Feel Me © . Design by Berenica Designs.