Views

Archive

Etiquetas

Facebook

Avançar para o conteúdo principal

O amor pode esperar!


O Bruno era um homem num cargo com poder e que tinha delineado muito bem toda a sua carreira profissional, mas a chegada de uma mulher como a Lívia, isso não estava nos seus planos e iria mudar tudo!

A Lívia para além de casada, era uma advogada impiedosa, que usava todas as armas para vencer e vencia sempre.Também ela não tivera qualquer intenção de se apaixonar, o seu relacionamento era confortável, o Camilo não lhe exigia nada, não interferia, não lhe "roubava" o precioso tempo e até já desistira da conversa absurda sobre filhos, mas ao conhecer Bruno, todo o seu universo se virara do avesso.

Tiveram uma relação relâmpago, mas cheia de sexo selvagem, de promessas sussurradas, de dias inteiros em que apenas usufruíam um do outro, esquecendo-se o mundo lá fora. Usaram e abusaram da sorte, expuseram-se demasiado, enlouqueceram juntos e chegaram até a imaginar-se na mesma cama, dia após dia, mas... Tanto um quanto o outro eram demasiado ambiciosos para permitirem que uma coisa tão simples, e irrelevante quanto o amor, se atravessasse nos seus caminhos. Mesmo sabendo que muito provavelmente, alguns anos mais tarde, talvez nem muitos, se iriam arrepender de não terem investido na única coisa que não tinham planeado, estudado, manipulado, mas que lhes permitia serem genuínos e autênticos.

A vida é feita de escolhas, umas certas, outras erradas e por vezes bem dolorosas, mas nada nem ninguém os iria fazer, neste momento profissional, escolherem-se. Ambos jogavam para vencer e o amor parecia poder esperar.

Triste, mas é a realidade de muitos!

Comentários