Já...

With a tour, you can check out the worlds of Shakespeare and other cultural icons related to the city. You can capture a play, get lost in an art gallery or explore the past in a museum.

Muito antes de me teres tocado já sabia a força dos teus abraços. Sentia de que forma a tua boca pousaria na minha, suave e arrebatada, ansiosa por tudo o que fomos partilhando. Sempre nos consegui ver e sentir juntos, bastava apenas que deixasse cada uma das tuas palavras entrarem, movendo-se em mim como o acabaria por fazer o teu corpo.

Sinto falta de te sentir a falta. Sinto falta de te saber no meu caminho, encontrando o que dizes ter para me dar, levando-me até onde só tu poderás, porque é é lá que me vejo contigo. Sinto falta das conversas longas, as mesmas que interrompias após um cansaço físico e emocional, porque as longas horas a isso obrigavam. Sinto falta da certeza quanto ao nosso amor, porque assentávamos tão bem e faziamo-nos ainda melhor. Sinto a falta dos teus mimos, pequenos, mas que se agigantavam ao longo do dia. Sinto a falta de tudo o que representavas e que já quis, tantas vezes, de todas as vezes que sinto falta de ti.

Já te sinto, encostado, sem que me tenhas voltado a tocar. Sinto o teu olhar bem dentro do meu e a forma como me afastavas os cabelos. Já te sinto encostado, a tomares-me e a seres meu.

Estou a deixar que os dias corram, sem pedir, apenas tendo e devolvendo como chegarem. Estou a entender que existirá sempre alguém para preencher as falhas que a vida cria, alguém que virá na hora certa, porque o pedi e porque fiz por o merecer. Estou a sentir-me acompanhada, com noites menos vazias e com os ombros menos pesados, a poder partilhar até o que não partilho, não dizendo o que digo de outra forma, porque nem sempre serão as palavras, também os silêncios os farão por mim, de forma bem mais completa e sem enganos.

 te sei.  te sinto e já te tenho mesmo que não estejas aqui e agora  percebi que em breve estaremos lá, no ponto de não retorno!

0 Comentários