Intimate Kitchen Engagement Session | Wedding Ideas | OnceWed.com




Nada do que te faz doer me dá prazer. As tuas dores são minhas, as tuas mágoas alastram-se a mim e o teu olhar dolorido deixa-me sem saber como reagir. Não te quero magoar, nunca o faço com essa intenção, porque quem gosta mesmo, NUNCA em momento algum inflige dor ou sofrimento. Quantas vezes dou comigo a desejar abraçar-te, protegendo-te do que te deixa indefesa e em baixo. Quantas vezes sinto, com toda a certeza, que apenas eu te saberia pôr de novo em pé, de sorriso nos lábios e pronta outra vez para o que nos vai chegando sem aviso.


Como e durante quanto tempo serei capaz de te amar com todas as tuas fragilidades e defeitos? Será que o meu amor por ti pode mesmo ser testado, logo após o primeiro revés? Terei capacidade para te perdoar as inseguranças, esperando de forma paciente para que fales sobre o que te preocupa?

Serei sempre a última pessoa a virar-te as costas, MAS terei de saber MESMO que me queres contigo de frente e capaz de apenas te agarrar as mãos, em silêncio se o precisares. Tenho poucas certezas, tal como teremos todos no geral, mas sei do que falo de cada vez que te falo de mim, do que passaste a representar na minha vida, do que me fazes sentir e de que forma mudaste a minha própria perspectiva do mundo e das pessoas.

Não te quero magoar porque não quero ficar sem ti. Já não saberia como retornar a mim e mesmo que o fizesse  o sabor seria tão amargo quanto o saboreio já, bastando que o pense. Não te quero magoar, porque de cada vez que o faço magoo-me a mim tanto, que acabamos ambos derrotados. Não te quero magoar, simplesmente porque te amo.

0 Comentários