O nunca não existe no amor!

by - outubro 11, 2016

Added to Beauty Eternal - A collection of the most beautiful women.SINSAY SS2013 by KAROL GRYGORUK - SHOOTME - Photographers and Production:

O NUNCA é o que menos existe quando se encontra o amor. Tudo o que dizias jamais fazer, todas as coisas das quais fugias e temias, chegam aos tropeções quando encontras a metade de ti, quando até a rede deixa de aparar as quedas e o vazio passa a dominar a tua vida. Assustador? Também, mas com ele vem o inesperado, a sensação de teres encontrado a lua, de poder tocar as estrelas, um prazer que se aumenta primeiro devagarinho e depois sem controlo.

Quando encontramos quem começa a fazer diferença, deixamos de poder dizer nunca, porque simplesmente passamos a poder fazer tudo, a acreditar em tudo e a parar de ter medos, melhor ainda, a ter novos medos, largando uns quantos dos antigos. Já não estou a dizer nada com jeito, mas o amor tem esse poder, desassossega-nos o espírito, faz-nos descobrir formas novas de nos darmos ao mundo, intoxica-nos e espalha toxinas. O amor impede-nos de nos perdermos, mas força-nos a uma perda sempre maior do que a esperada. O amor prova-nos que nunca deveremos dizer nunca, porque de repente, sem sabor como nem porquê, chega quem não se anunciou.

Deixei de achar que conseguia controlar o que me viesse da emoção, desse poder máximo que cresce descontrolado quando passamos a ter quem nos inclua de igual forma. Deixei de duvidar que consigo superar-me, sempre, bastando que ame, muito, comigo. Deixei de querer explicar tudo, porque mesmo o pouco passa a ser muito e o nosso equilíbrio desequilibra-se de forma graciosa, fazendo de nós seres estupidamente felizes. Deixei de dizer nunca e preparo-me, a cada dia, para tudo o que o dia me oferecer. Com um pedaço de sorte, terei quem mereço!

You May Also Like

0 Comments