20.10.17

Para que os vazios não se instalem!

beach, dawn, dusk
Feelme/Para que os vazios não se instalem!Tema:Sentimentos!

A sensação de não se saber, ou de não se conseguir, do nada arrasta todas as outras, impedindo-nos de saborear até os sucessos. Nada no nosso percurso deve ser feito a solo. Mesmo que nos saibam bem alguns momentos e que os silêncios cheguem para nos aquietar, o melhor da vida será sempre a partilha, o outro do lado certo, a opinar, a acompanhar, até a discordar, mas connosco, por nós e gastando do tempo que realmente nos importa. Se não for assim faz muito pouco sentido.

Tanto que já caminhei, que de cada vez que olho para trás nem acredito, já sou muito mais uma fazedora, não me limito a sobreviver, vivo realmente, sinto, estou presente na minha vida e na dos que amo. Agora olho com atenção, não passo apenas, porque quero e preciso de bem mais da vida para estar completa, mas os vazios por vezes teimam em se instalar, e apenas porque "tu" ainda não fazes parte do todo, não te tenho como meu e não sei que nome nos dar e o que esperar, mesmo que espere muito.

Para que os vazios não se instalem, temos que permanecer determinados na busca de quem acrescentará o que ainda nos falta. Parte do que nos cabe terá que ser feito a solo, connosco colados e sentidos, mas tudo o resto será bem-vindo, quando chegar quem o saiba trazer. Para que os vazios não se instalem, teremos que aprender a dividir!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Blogs Portugal