Photograph Feel the melody by Nina Masic on 500px


Se eu te pedir, com jeitinho, soprando-te as palavras que sabem a beijos, será que consegues ser meu para sempre?

Mesmo que os recomeços tenham um brilho especial e os toques novos nos toquem por dentro, vou continuar a esperar pelo que já tinha contigo. Já era meu. Instalava-se sem esforço e nunca me forçava a mudar o que nos sintonizava. Mesmo que achassem que merecia mais, sei que o que merecia era estar nos teus braços para sempre, sendo cuidada e amada com as tuas frágeis certezas. Mesmo que a chuva se misturasse com as minhas lágrimas, demasiadas vezes, em todos os outros momentos o sol brilhava o bastante para que me bastasses. Mesmo que nunca parecesses dar o suficiente, eras tu em cada pedaço que me davas e apenas o teu toque me tocava por dentro.

Se fores capaz de te ver meu para sempre, prometo que te aceitarei assim, como és hoje e que te ensinarei a ser bem mais amanhã. Se alguém como tu souber de que forma amar quem, como eu, ama da única forma possível, muito, então só poderás ser meu para sempre.

Para sempre vai ser o tempo que nos dermos, e mesmo que termine amanhã, hoje foi tão eterno e fez tanto sentido quanto fazem as coisas mais simples da vida. Para sempre pode ser apenas a noite que partilharemos hoje, mas amanhã terei outras tantas para sonhar e lembrar. Para sempre pode ser o meu respirar descompassado quando respiras comigo. Para sempre é a vontade que sinto agora de ti e mesmo que ela se vá, sei que te amarei para sempre, guardando-te no lugar que apenas poderá ser o teu!


0 Comentários