A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e closeup


Escolhas que precisas que saber fazer. Decisões que te cabem, não importa o tempo que demore, porque se decidiste, vais ter que o saber gerir. Escolhas que até te poderão deixar sozinha, mas estando de forma inteira no processo de aprendizagem interior e usufruindo das descobertas diárias!
- O que fazes de ti e contigo após todos estes anos?
As escolhas terão que ser fundamentadas e a verdade é que me sabem a mel todos os momentos que agora replico. Escolho os meus filmes. Escolho o que comer e quando. Escolho com quem me partilho e é por isso mesmo que saio rapidamente de cena quando não me sinto inteira. Repito movimentos e começo uns quantos novos. Descubro como me safar dos pequenos nadas que tanto fazem pela casa e espanto-me com as minhas habilidades e paciência. Escolho a cor das tintas e não me preocupo NADA, com o que possam achar, até porque terei que ser eu a viver com elas. Escolho mudar-me a 100% dia sim e dia também e sem precisar de gerir frustrações alheias ou incapacidades que não revejo. Escolho ser simples ou complicada. Activa ou inerte. Escolho tudo o que há muito pus na lista e escolho sabendo exactamente o que tenho que escolher.
- Estás preparada para o futuro apenas cheio de ti?
Escolhas,quando feitas encaixam tudo e fazem IMENSO sentido!

0 Comentários