Bottom Ad [Post Page]

Labels

Main Tags

Author Description

Hey there, We are Blossom Themes! We are trying to provide you the new way to look and use the blogger templates. Our designers are working hard and pushing the boundaries of possibilities to widen the horizon of the regular templates and provide high quality blogger templates to all hardworking bloggers!

Post Page Advertisement [Top]

Avançar para o conteúdo principal

Ou mudas, ou mudas...

Manda-me verbena ou benjoim no próximo crescente e um retalho roxo de seda alucinante e mãos de prata ainda (se puderes) e se puderes mais, manda violetas (margaridas talvez, caso quiseres)  manda-me osíris no próximo crescente e um olho escancarado de loucura (em pentagrama, asas transparentes)  manda-me tudo pelo vento: envolto em nuvens, selado com estrelas tingido de arco-íris, molhado de infinito (lacrado de oriente, se encontrares)  "Oriente"/ Caio Fernando Abreu


Por vezes só temos UMA alternativa e mesmo que todo o nosso Universo seja revolvido, acabamos a ter que nos mover, de contrário nada voltará a avançar e o nosso interior permanecerá insatisfeito e perturbado. Acredito, piamente, que viemos com uma missão e quer aceitemos, ou não, os desafios, se escolhermos olhar para o outro lado, terminaremos amargos e doridos.

Ou mudas, ou mudas e se não mudares, alguém ou algo o fará por ti. Se queres mais, transforma-te e melhora-te. Se te consegues ver mais longe, escolhe a estrada mais adequada e enceta a viagem. Se não te imaginas inseguro e cinzento o resto da vida, começa a colorir já. Se precisas de mudar, entende que não adianta olhar para o lado. Se segues os teus passos, analisando-os e buscando pelos melhores momentos, acabarás eventualmente por chegar e repousar. Se já estás habituado ao difícil, permite que te "batam" mais um pouco, porque no final valerá MUITO a pena. 

Ainda não tens permissão para repousar. Ainda não chegou a hora de te parares e apenas usufruir. Ainda carregas muitas tarefas e é conveniente que as executes, de preferência nesta vida. Ainda não sabes o suficiente, nem mesmo sobre ti, por isso continua a procurar.

Ou mudas, ou mudarão por ti. Ou já sabes o que te cabe, mesmo que não te caiba ver o percurso na íntegra, ou o amanhã não será sereno. Ou mudas, ou mudas. Se analisares bem, vais perceber que na realidade significa apenas que permaneces na corrida e que ela só terminará depois de já saberes onde está a meta!

Comentários