Arrependimentos, para quê?

outubro 10, 2021

Elena Kraft Painting


Os arrependimentos são uma perda de tempo!

Se pudesse ir ter com a mulher que fui lá atrás, abanava-a furiosamente pelos ombros, dizendo-lhe que ou se dignava olhar para quem era, focando-se no que ainda teria para fazer, ou simplesmente perderia do seu incrível tempo a arrepender-se do que nunca pudera controlar. Tenho a certeza de que me ouviria e que acabaríamos a rir desalmadamente de tudo o que teria para lhe contar.

Os arrependimentos apenas nos atrasam os passos que deverão ser seguros. Analisarmo-nos até à exaustão, falhando entender o motivo pelo qual tolerámos tanto e nos arrastámos por algo ou alguém, apenas nos reabre feridas naturais, porque existirão sempre. Tudo o que nos chega tem um propósito e carrega ensinamentos valiosos, assim sendo a solução passará por nos agarrarmos tão somente ao que teremos que mudar e ainda crescer, para depois entender.

"Se os arrependimentos matassem" - o pior é que matam mesmo, se o permitirmos. O que não tem remédio remediado está, por isso siga.

De cada vez que olho bem para quem sou hoje e me permito recordar quem já fui antes, percebo que não há do que me arrepender, afinal fiz tudo o que sabia, usando o que tinha na altura. De cada vez que me perdoo pelo que deixei de fazer, dou-me permissão para fazer mais agora e para olhar com coragem para o tempo que ainda poderá levar, mas que certamente será o certo.

Os arrependimentos são uma perda de tempo para quem o usa a seu favor e com respeito, todos os dias.

Sem comentários:

Com tecnologia do Blogger.