Numa outra estação. Em lugares pelos quais muitas vezes passamos sem nunca os vermos realmente, existirá sempre alguém que nos pode mudar, completar, ou simplesmente manter mais vivos e alertas, numa qualquer estação, apeadeiro real, ou da nossa imaginação!

Incrível como a viagem que tantas vezes fiz para lugares definidos, que percorri em comboios cujas carruagens te poderia até ter encontrado, hoje me permitiu reencontrar-me, ver-me por dentro, escutar do que falo e perceber quais os planos me percorrem a mente...

Os dias nunca serão iguais e poderão revelar-se, mudar todo o nosso foco, mostrar-nos quem, numa outra estação, poderá estar a aguardar que o olhemos e possamos ver realmente.

Prometi-me a mim mesma que agora, muito mais do que antes, ficarei mais atenta, não deixando que quem importa me fuja!

0 Comentários