Em apenas alguns segundos tudo o que acreditavas materializa-se e os dias ficam mais claros, abrindo-te o coração que já decidiras fechar!


Numa fracção de segundos, percebes que ainda tens MUITO para dar, que estás vivo e que és capaz de movimentar a vida de outra pessoa, dando-lhe o que já desistira de receber. Por vezes basta que te agarres, a ti, e à tua ideia de felicidade para que sejas realmente feliz e passes a mover-te de forma diferente.

O que vai também volta, como todos os que tiveram o coração despedaçado sabem, e o que hoje tanto nos magoava, amanhã poderá ser apenas uma lição de vida, mais uma, tendo a importância que finalmente lhe conseguimos dar.
O que desejas, deves verbalizar, pedindo para que sejas ouvido, nunca desistindo, não nas primeiras lombas, não se tiveres a certeza.

Que bom que é respirar de forma acelerada, sentindo que todo o teu corpo precisa de mais e quer o que lhe foi negado. Que bom é ter por quem acordar, prosseguindo ao longo do dia com mais certezas, dando passos na direcção certa e terminando-os mais confiante e de alma cheiaQue bom é ter quem adormeça connosco no pensamento, embarcando-nos num sonho que poderá ser o nosso, e estando ambos de forma palpável nos mesmos lugares, amando-se em pedaços que saberão como prolongar.

Numa fracção de segundos o mundo passa a girar ao contrário e o que juravas a pés juntos nunca fazer, torna-se tão ridículo e absurdo, que já nem te consegues recordar da razão pela qual terá começado. Numa fracção de segundos percebes que és humano o suficiente para mudares de ideias, perseguindo o que vale realmente a pena ser perseguido, e é apenas isso que passa a importar.
Numa fracção de segundos, voltas a ser tu.

0 Comentários