Bottom Ad [Post Page]

Labels

Main Tags

Author Description

Hey there, We are Blossom Themes! We are trying to provide you the new way to look and use the blogger templates. Our designers are working hard and pushing the boundaries of possibilities to widen the horizon of the regular templates and provide high quality blogger templates to all hardworking bloggers!

Post Page Advertisement [Top]

Avançar para o conteúdo principal

E quando a resposta é o não?

Imagem


Quando a resposta inevitável é o não, ficas sem muitas mais opções e resignas-te, na maioria das vezes, à sua inevitabilidade. Sabes quem és, porque fizeste o trabalho de casa e recusas mudar uma vírgula à tua condição, sabendo que mal fraquejes te irás arrepender, irremediavelmente.

Tenho que dizer-te que não e faço-o sempre com um olhar determinado. Dizes que não entendes, mesmo que te sinta o medo e que a nossa envolvência nos remeta para a recusa de ambos. Eu porque sou a mais determinada e tu porque te assusto, sei que sim e nem preciso de o ouvir de ti. Aprendemos ambos que não podemos ter tudo o que desejamos e mesmo que lutar seja opção, por vezes a batalha é totalmente perdida. 

Gostava de poder apenas ir, sentir e decidir. Gostava de saber que me bastaria gostar para que tudo fosse natural e fácil. Gostava de arrojar e fazer o que nunca me permiti antes, mas talvez não goste o suficiente de quem aparentemente gosta de mim para que a aventura comece. Gostava de não me julgar tanto, até porque o que tenho dentro me grita que o caminho, por agora, passa por ti...

Não fosse a gravidade a puxar-me, impiedosa, e talvez até que me elevasse, bem alto, para ver mais e melhor. Não fosse a metade mais importante de mim a vergar-me, e deixaria que a minha coragem me provasse certa. Não fosse já estar bem para lá do tempo dos outros e até que recuaria para viver apenas este, saboreando o que me deveria ser permitido, porque certamente que o mereço. Não fosse também eu ter medo e ficarias a saber que já sei o bastante para que a viagem possa começar!


Comentários