A mostrar mensagens de Outubro, 2019Mostrar tudo
Quando chamo o teu nome...

Quando chamo o teu nome por estar perdida no caminho que eu mesma criei, mas já sei que não vou ter resposta. Quando choro por me sentir sozinha, mesmo que estejas comigo, porque estarás sempre,o vento passa a soprar mai…

Recordações...

Recordações . Momentos que foram apenas nossos enquanto era eu contigo e tu estavas verdadeiramente comigo. Recordações de quando nos dizíamos o que nos mudava o dia e permitia que todos os outros corressem num desesper…

Livres para amar!

A minha liberdade  e a tua vem passando também, e bem mais do que tudo o resto, pelo amor que sabemos acumular, deixando-o nascer e desenvolver como se de um filho se tratasse e espalhando-o como uma era verde gigante, para…

Momentos e pensamentos...

Estou fascinada com o tempo, pronto, é assumido. Correr é o que tenho feito e quase que arrisco dizer que não o vou deixar de fazer, mas desacelerar passou a saber-me tão bem, que passei a contar cada minuto do meu tempo.…

As primeiras palavras...

Começar com as primeiras palavras do que passará a ser uma história para ficar, deixa-me com uma sensação de poder e com o bichinho do incerto e do desconhecido. Não sei o que vai acontecer e até onde me vou levar. Não se…

 Se tens que me deixar, deixa-me já!

Se tens que me deixar ,  quero que o faças de forma suave, a não permitir que te sinta a falta e por isso terás que deixar-me já.  Deixa-me  bem antes de todos os sabores que cada beijo nos cola.  Deixa-me  bem antes da min…

Sem ti...

Que parte de mim cabe em ti e que parte de ti necessita  mesmo  de mim? A vida por vezes teima em correr a uma velocidade estonteante, impedindo-nos de a acompanhar, mas fazendo-nos perceber, em cada etapa, que ou a seg…

Tenho medo...

Tenho a cada dia mais medo da eventualidade de deixar de ser eu ! Não quero ter que deixar de querer para encaixar o que querem os outros. Não quero deixar de poder e ter que esperar que queiram por mim. Não quero dar …

Será que entendes os recados da vida?

Desconfia de tudo o que te chegar com demasiada entrega, com muitos sorrisos e com um reconhecer exagerado de tudo o que representas. Desconfia de quem te ama só porque sim e te quer como se fosses a última bolacha do paco…

Onde estão as garantias reais?

Quem é que nos pode garantir, com toda a certeza, de que vai mesmo tudo correr bem? Ninguém, mesmo que o façamos nós pais à nossa prole, confiando que teremos como resolver o que os assustar tal como quando eram meninos! …