5.11.19

Como é que agora vivo sem ti?

Heavy The Head


Como é que agora vivo sem ti?

Nunca pensei demasiado sobre como seria a minha vida sem ti, não era opção, como não foi enquanto te esforçaste por estar aqui. Nunca me foquei no que representaria ter momentos sem os teus sons, os beijos que me acordavam dos sonhos onde sempre estiveste, os abraços sempre que me sentia frágil e as palavras que as minhas procuravam para se juntarem e fazerem sentido.

Como é que agora vivo sem ti?

Fui sobrevivendo até me reerguer. Fui reaprendendo a gerir espaços mais abertos e silêncios. Fui olhando mais para mim até deixar de te ver. Fui aceitando, devagarinho, que apenas vieras por um período e que terias que regressar.

Como é que agora vivo sem ti?

Sem qualquer mágoa nem arrependimentos. Sem olhar para o que deixei de fazer, enquanto achava que ainda teria tempo. Sem me sentir perdida e perdendo-me inteiramente no meu tempo.

Agora vivo e respiro sem ti e sem medos, porque na verdade amei como era suposto e tive o que me cabia. Agora vivo muito mais leve, mesmo que não saiba se alguma vez voltarei a saber o sabor de um amor tão grande quanto foi o nosso. Agora vivo mesmo, cuidando de cuidar de mim em todas as vertentes. Agora vivo a recordar o que tive e foi verdadeiramente bom. Agora vivo com a certeza de que merecia amar alguém como tu. Agora regressei a mim!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Blogs Portugal