Desta vez fui a única mulher sem parceiro!

4.6.20

No tendrás que vivir situaciones incómodas que no deseas experimentar como convivir con la suegra, pasar por las comidas familiares, tener que ver los partidos de futbol o soportar terribles peleas por situaciones tontas.

Deixei que a tristeza me invadisse e me recordasse dos momentos em que cada vez sou apenas eu. Senti uma inveja deliciosa dos casais para quem fui olhando, enquanto partilhavam as histórias comuns e trocavam carícias. Tentei, sem qualquer efeito prático, imaginar como seria estar ao lado de quem nunca saísse do meu lado e me assegurasse de que juntos seríamos mais fortes. Alheei-me um pouco das conversas, tirando o som de cada um e olhando-os como se tivessem legendas numa outra língua. Passei por um ser de outra dimensão, mas já me vão conhecendo e sabendo que o meu mundo é muito peculiar, no entanto carrego desejos que serão comuns a outras mulheres e sou capaz de me colocar numa história mais cor-de-rosa, mesmo que não tão real.
Desta vez fui a única mulher sem parceiro, mas acabei por me lembrar da razão pela qual permaneço, sem qualquer ansiedade, à espera que a espera eventualmente acabe e me permita misturar-me com os comuns mortais, sendo mais inteira. Desta vez percebi que muitas outras se seguirão e que eventualmente entenderão porque permaneço assim. Desta vez foi algo estranho e o sabor dos beijos não chegaram à minha boca...

Publicar um comentário

Feel Me © . Design by Berenica Designs.