Views

Archive

Etiquetas

Facebook

Avançar para o conteúdo principal

O que quero afinal?



Quero-te feliz, muito feliz, tanto que a minha chance de também o ser possa duplicar. Quero ver o brilho malandro nos teus olhos quando olhas para mim. Quero sentir o teu cheiro de forma mais intensa quando te aninhas no meu pescoço e sussurras que me amas. Quero saber de todos os teus segredos, aqueles que nunca foste capaz de partilhar com quem contigo se cruzou. Quero saber do que pensas e anotar cada um dos teus sonhos mal acordas, porque é a mim que os contas em primeira mão. Quero que me queiras da mesma forma e que o nosso amor seja tão natural quanto o somos a cada dia, fazendo o que nos cabe e cabendo inteiros na vida um do outro. Quero muito, quero tudo e já deixei de recear que seja demasiado.

Nunca julguei possível ter na minha vida a vida de alguém que me dissesse tanto e com quem pudesse fazer planos sem os questionar. És tudo o que pedi, até quando achava não o estar a fazer. Vieste com a força e a determinação que me impediram de duvidar e foi assim que as certezas se instalaram. Sabes-me aos sabores que desconhecia, mas que agora e depois de tão familiares, não trocaria por mais nenhum. Caminhas sempre com tanta segurança, que o teu corpo parece ser a extensão de todas as certezas que carregas, porque és seguramente a pessoa que muitas outras gostariam de poder ter e sabe-lo bem.

Quero-te a cada dia mais feliz, por isso não me permito esquecer da missão mais importante que me coube, acordando para te assegurar de que estarei sempre aqui e nunca adormecendo sem to soprar, para que também saibas o que me move.

Comentários