I travel your length, like a river, I travel your body, like a forest, like a path in the mountain that ends at a cliff, I travel along the edge of your thoughts... ~Octavio Paz, from “Sunstone":



Aprende a ouvir realmente, com todas as palavras que uso e que querem dizer exactamente o que digo, sem embelezamentos, sem duplo sentido e sem qualquer intenção de te confundir!

Confia em mim quando digo que te amo, que preciso de ti por perto, que és o homem que me faz repensar o que tenho agora e que contigo posso assumir o que importa aos dois. Confia que uma vez do meu lado jamais precisarás de temer o que quer que seja, porque serás parte de mim e eu não me magoo. Confia que se te deres, que se não quiseres o meu mundo e o das outras, que se não puseres na mesma cama, mesmo que em pensamento outros corpos, te serei fiel, devotada, a tua mulher e amante.

Nunca precisarás de olhar por cima do ombro, porque estarei a cuidar de ti, do que tens, do coração que desejo a bater enquanto estivermos no mesmo tempo e lugar. De mim terás os dias seguros, reais, completos e tão preenchidos que até respirar sem mim será penoso.

Não tenhas medo de amar assim, pára de fugir do que te trará a felicidade que não arriscas procurar. Cuida-te, arruma-te e vem, estou à tua espera e vou fazer valer a pena TUDO, o que já imaginas e o que ainda nem sabes que existe.

Confia em mim, prometo que me darei mesmo antes de o pedires. Amar-te é o que sei fazer melhor, por isso respira fundo, relaxa, deixa-te ir que eu mostro-te o caminho. Anda, não demores, estou aqui, confia!

0 Comentários