Chegaste e a minha vida aconteceu!

23.7.20

Bodies and shadows

Chegaste de mansinho, mas nada em ti era passível de não ser notado. Tinhas um olhar que não se fixava, mas aos poucos foste olhando com mais atenção, procurando o meu e mudando a linguagem corporal. Chegaste com quem não te apresentou e fiquei durante algum tempo sem saber o teu nome, mas foste-te aproximando e quando quase se tornou desconfortável, sopraste-me ao ouvido que era bonita. Larguei-te um obrigada meio tímido e julguei que desistirias, mas estavas para ficar.
- Sou o Paulo e tu és a ...?
Não me lembro muito mais da conversa que acabou por ser longa, quase sempre soprada por ti, estiveste claramente a provocar-me reacções, talvez porque te tivessem dito que sou arisca e distante. Não sei o que tinhas, mas sei o que passaste a ter para mim.
Não consigo decifrar-te ainda, pareces dominar o teu lugar e importas-te muito pouco com os outros. Não és arrogante, apenas focado no que te importa e por sorte estou incluída. Algumas pessoas têm mesmo que se cruzar connosco e escolho acreditar que o farão pelas melhores razões, até porque de repente percebi que ainda estou viva e que o que carrego pode e deve ser partilhado.
E se de repente um homem simplesmente te fizesse esquecer todos os outros e o mundo se voltasse a alinhar?

Publicar um comentário

Feel Me © . Design by Berenica Designs.