A mostrar mensagens de Dezembro, 2018Mostrar tudo
Porque é que te adias?

O que escolhes fazer quando não pareces fazer o suficiente? Não podes, nem deves, acordar apenas para sobreviver aos dias, porque nada te será devolvido se não souberes como pedir o que já tinhas. Nenhuma outra forma de ti…

E quando a resposta é o não?

Quando a resposta inevitável é o não , ficas sem muitas mais opções e resignas-te, na maioria das vezes, à sua inevitabilidade. Sabes quem és, porque fizeste o trabalho de casa e recusas mudar uma vírgula à tua condição, s…

O que sentes quando te apaixonas?

O que sentes quando te apaixonas ? O que muda quando te sentes mudar por dentro e nada te sossega o coração tão cheio que parece rebentar? O que sobra de ti, ou que te aumenta quando tens quem te trás o melhor do mundo? …

Quem posso ser agora?

De que forma consigo apreender o  meu novo eu? Como é que passo a gerir o tempo que agora sobra e que é inteiramente meu, quando o mesmo se afunilava e quase que me impedia de respirar? Quem sou, ou o que posso ser afinal, …

Serenidade é?

Quando acho que só pode piorar, eis que apareces tu e amenizas as minhas dores, arranjando forma de que guarde para mim o que me estava a magoar e o dia consegue terminar de forma serena. Mas ontem correu mal, porque tei…

Enquanto não me convenço...

O ontem já foi e agora, sentada num vazio que assusta de tão real, num lugar tão preenchido com o que lhe retirei com os pedaços de mim que arranquei mesmo com dores lacinantes, porque me forço a ser desta forma e não de u…

Sinto sempre a tua falta!

Falar contigo não sabe ao mesmo, não quanto ter-te e abraçar-te naqueles abraços que não parecem terminar. Falar contigo não sabe a cada um dos beijos que te dou com toda a minha alma. Falar contigo sossega-me, mas não arr…

Quando a noite chega...

Quando a noite chega , os dias passam-me em retrospectiva e percebo, mais hoje do que antes, que não te ter sempre me deixa encolhida num medo que não reconheço. Quando a noite chega e não estás, nada do que possa ter fei…

Medo de mim mesma...

Há dias em que tenho  medo , muito  medo  de mim mesma, porque nos dias em que algo ou alguém toca no lugar errado, diz o que não devia ou espicaça a leoa, saltam-me todas as molas. Hoje já não corro à procura de aprov…

As perdas...

É inevitável que se vá perdendo pessoas ao longo da vida. Estaremos com os outros apenas pelo tempo que nos permitirem e seremos da dimensão que nos fizerem. É inevitável que se arrumem lugares e sentimentos, direcciona…

Estou à espera!

Estou à espera . estou em modo "reservado", aguardando que o teu tempo também possa ser o meu, que olhes para mim como alguém que está aqui,para ti, mas que não me guardes na prateleira até aos teus regressos, e …

Escolhemos não falar de nós...

Escolhemos não falar . Decidimos que a decisão de ambos, mesmo que aos tombos e sem qualquer convicção, teria que bastar. Afastámo-nos de nós e esperámos, em vão, que bastasse para nos sarar... Dou comigo a lembrar-me …

Cuidado com o que pedes!

Cuidado com o que pedes . Cuidado com o afastamento emocional, porque ele origina a desistência romântica da vida e reme-te a ti mesma. Cuidado com o medo que se cola quando passas a ter medo do amor. Cuidado com as viagens…

O poder do amor!

Que bem me sabe saber que te encontrei, porque já não preciso de procurar mais. Que bom que é o sabor da normalidade, da segurança e da entrega no mesmo ritmo. Que coragem perante o desapego, porque controlamos muit…

O amor está em tudo...

O amor está em tudo  o que faço e por isso mesmo acredito fazer bem o que me proponho. Comecei num mundo de aventuras literárias, mudanças de lugar, de alma e de pessoas, apenas para perceber que posso ainda mais e que se am…

Hoje deixei-te ir.

Deixei-te ir , sem demasiadas palavras, até porque ainda não trocámos muitas. Não me fiz notar, mesmo que me tivesses visto e sei que a tua vontade de que, por uma vez, que seria a primeira, o nosso contacto se estendesse …

Do que adianta?

Do que adianta  estar com outra pessoa ,   se ainda és tu que me enlouqueces e deixas a fervilhar por dentro? Água e azeite, assim somos nós, não nos conseguimos misturar e um acaba a sobressair mais do que outro. Nã…

Confio, avanço, ou não?

Confio, avanço, ou não ? Como se enceta uma relação nova? Quais os pontos que se devem levar em consideração, se é que existem e como deverão ser as nossas expectativas? Passamos a começar de novo, a ter que esperar nã…