Será que sou assim como me dizem ver? Assusta um pouco esta imagem que tendem a criar, baseados não sei muito bem em quê, mas que pode ser perigosa, sobretudo se não estiver à altura.
Sou muito apologista do, "What you see is what you get", mas há muito mais para além do que se vê, para o bem e para o mal.

Como é que me vejo? Como alguém que a cada dia se torna mais exigente e obstinada. Quero TUDO, não aceito migalhas de ninguém e muito menos da vida. Sou a que decide e por consequência vou manter-me nesta linha, com a minha fasquia nos píncaros até que o cansaço me "leve". Por vezes tendo a surpreender-me com a avaliação que me devotam, será porque os olhos vêem o que o coração deseja?

Haverá sempre uma solução mais rápida e eficaz, na dúvida perguntem que respondo!

0 Comentários